A MEDALHA MILAGROSA

 27 de Novembro - Aniversário da Revelação da Medalha Milagrosa a Santa Catarina Labouré

*  FESTA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS *

Santa Medalha Milagrosa

Assista ao Filme VOZES DO CÉU 6
A HISTÓRIA DAS APARIÇÕES DE MARIA SANTÍSSIMA À SANTA CATHARINA LABOURÉ

 

 

Santa Catarina Labouré

A Medalha Milagrosa

Catarina Labouré (1806-1876), religiosa francesa das Irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo, a 27 de Novembro de 1830, foi favorecida com uma aparição de Nossa Senhora, referente à Medalha Milagrosa, que ela assim descreve:

A Santíssima Virgem, de estatura média,estava de pé, vestida de branco, com um vestido de seda branco-aurora...com um véu branco que lhe cobria a cabeça e descia de cada lado até o chão. Sob o véu, vi os cabelos lisos repartidos ao meio e por cima uma renda, colocada ligeiramente sobre os cabelos. O rosto descoberto, os pés apoiados sobre uma esfera...tendo outra de ouro nas mãos elevadas à altura do cinto, de uma maneira muito natural, e os olhos elevados para o Céu...O seu rosto era maravilhosamente belo. Não seria capaz de descrevê-lo. E depois, de repente, percebi anéis nos dedos, revestidos de pedras, mais belas umas que as outras,umas maiores e outras menores que despediam raios, mais belos uns que outros. Partiam das pedras maiores os mais belos raios, sempre alargando para baixo. Nesse momento em que estava a contemplá-la, a Santíssima Virgem baixou o olhos, olhando para mim. Uma voz fez-se ouvir, e disse-me estas palavras: " A esfera representa o mundo inteiro, particularmente a França...e cada pessoa em particular..."

Aqui eu não sei exprimir o que senti e o que vi: a beleza e o fulgor, e os raios tão belos...

É o símbolo das graças que derramo sobre as pessoas que as pedem, fazendo-me compreender quanto era agradável rezar à Santíssima Virgem e quanto Ela era generosa para com as pessoas que lhe pedem, quantas graças concedia aos que lhe rezam, e que alegria Ela sente concedendo-as!...

 Nossa Senhora das Graças

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Santa Medalha


Formou-se um quadro em torno da Santíssima Virgem, em forma oval, onde estavam, no alto, estas palavras escritas a letras de ouro:

"Ó Maria concebida sem pecado, 
rogai por nós que recorremos a Vós".

A inscrição em semicírculo começava a altura da mão direita, passava por cima da cabeça e acabava na altura da mão esquerda...Então uma voz fez ouvir e disse-me: 
Fazei cunhar uma medalha com este modelo. Todas as pessoas que a usarem receberão grandes graças,trazendo-a ao pescoço.As graças serão abundantes para as pessoas que a usarem com confiança... 
No mês seguinte, outra vez Santa Catarina viu Nossa Senhora, estava como antes, segurando o globo de ouro, encimado por uma pequena cruz também de ouro, e dos anéis jorravam raios de luz desiguais. 
"É impossível dizer o que entendi no momento em que a Santíssima Virgem oferecia o globo a Nosso Senhor" - escreveu a vidente, acrescentado a seguir: "Como eu estava atenta a contemplar a Santíssima Virgem...Uma voz fez-se ouvir no fundo do meu coração e disse-me: - Estes raios são o símbolo das graças que obtém às pessoas que lhas pedem". 
Santa Catarina reparou que, de algumas pedras dos anéis não partiam raios. Uma voz esclareceu-lhe o porquê: 
"Estas pedras, das quais nada sai, são as graças que os homens se esqueceram de me pedir". 

Com a benção e a aprovação da Igreja, a medalha espalhou-se pelo mundo inteiro. A sua difusão foi acompanhada de tão numerosas graças, que os fiéis lhe puseram o nome de Medalha Milagrosa. 
Esta medalha é um convite a seguirmos cada vez mais fielmente a Cristo, o Filho de Maria, que disse em Caná: " Fazei tudo o que ele vos disser".

 

Medalha Milagrosa 

Novena da Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa

Sinal da Cruz... Ato de Contrição...

Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós (3 vezes)

1º. DIA - 1ª. APARIÇÃO

 

Contemplamos a Virgem Imaculada, em sua primeira aparição a Santa Catarina Labouré. A piedosa noviça, guiada por seu Anjo da Guarda, é apresentada à Imaculada Senhora. Consideremos sua inefável alegria. Seremos também felizes como Santa Catarina, se trabalharmos com ardor na nossa santificação. Gozaremos as delícias do Paraíso, se nos privarmos dos gozos terrenos.

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

2º. DIA - LÁGRIMAS DE MARIA

 

Contemplemos Maria, chorando sobre as calamidades que viriam sobre o mundo, pensando que o Coração de seu Filho seria ultrajado, a Cruz escarnecida e seus filhos prediletos perseguidos. Confiemos na Virgem compassiva e também participaremos do fruto de suas lágrimas.

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

3º. DIA - PROTEÇÃO DE MARIA

 

Contemplemos nossa Imaculada Mãe, dizendo em suas aparições a Santa Catarina: "Eu mesma estarei convosco: não vos perco de vista e vos concederei abundantes graças". Sede para mim, Virgem Imaculada, o escudo e a defesa em todas as necessidades.

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

4º. DIA - 2ª. APARIÇÃO

 

Estando Santa Catarina Labouré em oração, a 27 de novembro de 1830, apareceu-lhe a Virgem Maria, formosíssima, esmagando a cabeça da serpente infernal; nessa aparição se vê seu desejo imenso de nos proteger sempre contra o inimigo de nossa salvação. Invoquemos a Imaculada Mãe com confiança e amor!

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

5º. DIA - AS MÃOS DE MARIA

 

Contemplemos, hoje, Maria desprendendo de suas mãos raios luminosos. "Estes raios, disse ela, são a figura das graças que derramo sobre todos aqueles que mas pedem e aos que trazem com fé minha medalha". Não desperdicemos tantas graças! Peçamos com fervor, humildade e perseverança, e Maria Imaculada no-las alcançará.

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

6º. DIA - 3ª. APARIÇÃO

 

Contemplemos Maria, aparecendo a Santa Catarina, radiante de luz, cheia de bondade, rodeada de estrelas, e mandando cunhar uma medalha prometendo a todos que a trouxerem, com devoção e amor, muitas graças. Guardemos fervorosamente a Santa Medalha e, como escudo, ela nos protegerá nos perigos.

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

7º. DIA DA NOVENA E 1º. DO TRÍDUO

 

Ó Virgem Milagrosa, Rainha excelsa, Imaculada Senhora, sede minha advogada, meu refúgio e asilo nesta terra, minha fortaleza e defesa na vida e na morte, meu consolo e glória no céu.

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

8º. DIA DA NOVENA E 2º. DO TRÍDUO

 

Ó Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa, fazei que esses raios luminosos que irradiam de vossas mãos virginais iluminem minha inteligência para melhor conhecer o bem, e abrasem meu coração com vivos sentimentos de fé, esperança e caridade.

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

9º. DIA DA NOVENA E 3º. DO TRÍDUO

 

Ó Mãe Imaculada, fazei que a cruz de vossa Medalha brilhe sempre diante de meus olhos, suavize as penas da vida presente e me conduza à vida eterna.

- 3 Ave-Marias, acrescentando em cada uma: "Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós" - Oração Final.

ORAÇÃO FINAL

 

Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa Santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte; e a graça (faz-se o pedido) que peço com toda confiança. Amém.